VULKAN Couplings Marine propulsion
 

O maior acoplamento altamente flexível RATO S para Retrofit do Navio MT/Elisabeth Knutsen

 

O NAVIO MT Elisabeth Knutsen / Petroleiro

O ESTALEIRO Remontowa / Danzig

 

Couplings-Retrofitting_760.jpg 

O DESAFIO O MT/Elisabeth Knutsen cobriu o Mar do Norte sob a bandeira britânica por 15 anos. O petroleiro de óleo cru de 265 m de comprimento, com uma tonelagem de 71,850 GT (peso morto: 124.758 toneladas), ficou atracado por apenas três semanas no estaleiro em Danzig. Dentro deste cronograma curto, além de outros trabalhos de manutenção, os acoplamentos do acionamento principal precisavam ser substituídos. Para os acoplamentos de acionamento principal torcionalmente flexível é recomendável a substituição após 10.000 horas de operação.

Detlef Sauer, o responsável técnico de serviço da VULKAN Couplings, foi claro sobre os desafios encarados tanto por ele como por sua equipe: "Os dois acoplamentos do acionamento principal que tínhamos para desmontar primeiro tinha um diâmetro de dois metros cada, e cada um deles pesava 15 toneladas. Com as condições de espaço restrito e a disposição do acionamento principal e o gerador, a desmontagem não foi uma tarefa fácil e exigiu um planejamento antecipado exato."

A VULKAN Couplings e os cinco membros da sua equipe de serviço designados para esse trabalho não forneceram suporte somente no local na ocasião da execução do trabalho, tudo começou um ano antes quando os engenheiros da VULKAN realizaram uma avaliação exata da situação da sala de máquinas e foram capazes de apresentar um conceito detalhado para a assinatura do Sr. Harald Sandtorv em Knutsen, o superintendente que foi responsável pelo retrofit.

A SOLUÇÃO O gerador estava situado diretamente sobre os acoplamentos e deveria ser mudado completamente como ponto inicial. Para esta finalidade, uma estrutura de apoio foi primeiramente juntamente soldada, que seguraria o gerador enquanto os acoplamentos eram desmontados. Além disso, a equipe de serviço da VULKAN Couplings expandiu todos os espaços de entrada na sala de máquinas, de forma que os acoplamentos poderiam ser puxados com a ajuda de um guindaste terrestre após ser desmontado.

A VULKAN Couplings forneceu dois acoplamentos das sua maior dimensão da comprovada linha RATO S como uma substituição aos acoplamentos desgastados: Dois conjuntos de dois acoplamentos RATO S 733Y cada um, agora conectado aos dois motores MAN de dois tempos (MAN B&W MDE 7 S 50 MC) com embreagem Lohmann + caixa Stolterfoht (GVG 50 / 225).

OS BENEFÍCIOS O benefício especial do RATO S: Os elementos flexíveis estão divididos em vários segmentos. Por conta do espaço altamente restrito para instalação, isto foi um fator significativo para a companhia naval Knutsen Böyelaster V/KS.
Com base no fato de que os segmentos dos quatro acoplamentos RATO S poderiam ser instalados de forma individual, o tempo necessário para reparo e, portanto, os tempos ociosos do navio poderiam ser reduzidos, e os custos da instalação serem minimizados.

"O planejamento exato do trabalho de retrofit, para qual os especialistas da VULKAN foram lá fornecer apoio exatamente no início, nos garantiu que a conversão complexa e demorada fosse implementada no curto período de tempo desejado. Graças a isso estávamos 100% confiantes na equipe de serviços a bordo" explicou o Sr. Sandtorv.

Partindo da perspectiva do armador, a VULKAN Couplings foi caracterizada não somente pelo alto nível de qualidade funcional certificada dos acoplamentos, mas também pela organização competente avançada e cooperação próxima com o estaleiro, se comparado aos seus concorrentes.
Os acoplamentos altamente flexíveis RATO S são acoplamentos elásticos torcionalmente flexível que compensam nos deslocamentos radial, axial e angular das máquinas conectadas. Os acoplamentos estão disponíveis na faixa de torque TKN = 12.50 a 800.00 kNm.

Clique aqui para mais informações sobre o RATO S.