VULKAN Couplings Marine propulsion
 

A VULKAN fornece seu maior acoplamento altamente flexível da linha RATO S para plataforma de teste submarino.

 

O CLIENTE Centro Experimental da Marinha - Aramar / Iperó, Brasil

Highly-flexible-couplings_RATO-S-for-test-rig.jpgFigura: Eric Boon com os gerentes de projeto do Centro Aramar

O DESAFIO O governo brasileiro planeja a construção de uma frota de seis submarinos com propulsão nuclear.  O objetivo destas operações submersas é relacionado as questões de segurança no Oceano Atlântico/costa brasileira para as plataformas de petróleo que ainda serão construídas por exemplo, nos campos de Santos, Campos e Espírito Santo.

Para o submarino nuclear planejado, prevaleceu o projeto mais ambicioso: com seis mil toneladas e 96,6 metros de comprimento, a construção levará até onze anos. Será impulsionada por um reator nuclear desenvolvido na Marine Research Centre Aramar (Centro de Pesquisa Naval Aramar). Um protótipo terrestre do acionamento total da embarcação submarina nuclear está atualmente em construção - em uma escala de 1:1 do acionamento original a ser construído posteriormente. Uma vez que esta fase de teste seja concluída, o submarino completo será montado para fins de teste em uma construção de múltipla história.

A SOLUÇÃO Para a plataforma de teste do acionamento, a VULKAN entregou em cooperação com as subsidiárias VULKAN do Brasil e VULKAN Itália um acoplamento flexível RATO S 731T, bem como os amortecedores elásticos.

"Há décadas, a VULKAN vem tendo sucesso em participações em projetos da defesa do mundo todo, e em muitos projetos navais através da empresa Francesa DCNS (líder mundial em defesa naval e inovadora no setor de energia). Gozamos de boa reputação em virtude de muitos projetos de submarinos na Europa, Ásia e Austrália", declara Eric Boon, equipe de vendas responsável e força motriz por trás do projeto submarino.

FiguraDurante a aprovação em Herne, Alemanha.

OS BENEFÍCIOS Não só a cooperação bem sucedida a longo prazo da subsidiária da VULKAN no Brasil com os oficiais na Marinha brasileira, mas também outro projeto atual aponta para a VULKAN como a fornecedora de acoplamento preferida: Em 2008, o Brasil solicitou quatro submarinos da classe Scorpène como parte de seu programa de armamento, que será disponibilizado em 2017. Para a propulsão principal diesel-elétrico do primeiro submarino desta classe, o S40 "Riachuelo", a VULKAN já entregou um acoplamento elástico RATO S 48. Um acoplamento adicional para o segundo dos quatro submarinos está atualmente em produção.

Figura: As dimensões do RATO S 73

Para mais informações sobre o portfólio de produto da VULKAN
 clique aqui.


 

​